Leituras de Abril / Maio 2017

Oi gente, tudo bem?

Parece que agora que estou conseguindo voltar a ler. Depois de mais de um ano, estou desempacando alguns livros da minha estante.

Eu digo que estou voltando a ler, mas bem devagar. Em dois meses eu li somente oito livros rs (antigamente lia dez em um mês só haha). Mas minhas leituras estão sendo mais atentas, e estou gostando muito mais de ler um de cada vez e prestar atenção em todos, do que ler vários ao mesmo tempo e depois me esquecer facilmente da história. Claro que isso depende muito do tipo de literatura. Se ela é clássica, é normal eu ler somente ela. Se ela é de poesias, eu leio com mais algum (ou alguns)… Se é infantil acontece o mesmo.

Abril:

23. A gruta gorgônea (Desventuras em série, v. 11) – Lemony Snicket – 288 p.
24. O penúltimo perigo (Desventuras em série, v. 12) – Lemony Snicket – 320 p.

Maio

25. Cadela Prateada – Líria Porto – 108 p.
26. O fim (Desventuras em série, v. 13) – Lemony Snicket – 312 p.
27. Vagamundo – Eduardo Galeano – 149 p.
28. Pax – Sara Pennypacker – 288 p.
29. Cem anos de solidão – Gabriel García Márquez – 450 p.
30. Veias em versos – Goimar Dantas – 106 p.

Total de 2.021 páginas! =)

Este mês de junho, estou focando muito na biografia de Van Gogh. E estou apaixonada pela vida dele (vida tão triste, melancólica). Em vários momentos da leitura eu tenho que parar e ficar pensando em minha própria vida. Estou gostando demais, e já indico (não cheguei nem na metade do livro rs Na verdade estou longe disso).

E vocês, o que leram de bom no mês que passou?

O que estou lendo? [Maio 2017]

Olá, tudo bem por aí?

Ultimamente não tenho lido muita coisa. Tenho mais assistido séries, ouvido músicas, comido, dormido… Coisa boa, né?! Eu sei. Mas como eu sempre digo, aproveito que ainda não sou casada, e tenho essas regalias (apesar que a única coisa que não faço em casa é cozinhar rs). Mas mesmo lendo tão pouquinho, resolvi postar hoje, e mostrar a vocês o que estou lendo – devagar e sempre. Não irei falar muito sobre os livros, afinal teremos resenhas aqui (não é mentira!).

Cem anos de solidão, de Gabriel García Márquez.
Estou totalmente fascinada com a história e os seus personagens. Sempre digo que era o clássico que eu mais temia na vida. E hoje vejo o quanto de tempo perdi por não ter começado a ler antes.

Van Gogh, de David Haziot.
Estou bem no começo do livro ainda. Eu estava lendo um capítulo todos os dias, antes de dormir. Mas aí comecei a assistir a uma série nova (só vinte minutinhos por episódio…), e vocês já sabem, né?! Terei que começar novamente. Mas ainda considero que “Estou lendo”.

Grandes esperanças, de Charles Dickens.
Também terei que começar novamente. Já havia passado da página 100, mas errei feio: não utilizei meu caderninho de “Diário de Leitura”, como aconteceu com David Copperfield. Agora já me perdi na história. Fora que já é o terceiro calhamaço que estou apresentando a vocês só agora…

Os miseráveis, de Victor Hugo.
O quarto calhamaço. Terei que ler minhas anotações haha. Essa postagem está quase virando “O que quero ler”, ao invés de “O que estou lendo” haha.

Poesia Reunida, de Adélia Prado
Novelas Exemplares, de Miguel de Cervantes
Contos completos, tomo 1, de Tolstoi
Pesadelos e paisagens noturnas, volume 1, de Stephen King

Desses quatro livros, leio um pouquinho por mês, ou nem isso. Da Adélia, lia com o David duas poesias por semana. Agora já estamos lendo quatro por mês… (quando lembramos haha). E os outros livros, por serem contos (e novela, no caso de Cervantes), não me cobro. Leio quando me dá vontade.

E é isso. Acho que a leitura e a literatura passaram a ter um papel diferente em minha vida, não!? E eu as amo ainda mais por isso.

E vocês, o que estão lendo?

5 livros para as mamães

Oi gente, tudo bem?

Separei para vocês uma lista com cinco livros, com gêneros diferentes, para você presentear sua mãe, ou sua esposa, ou sua tia, ou sua avó… ou qualquer outra mãe que você conheça ❤

Todos os livros já foram resenhados aqui no blog, e possuem link clicável, no título do livro 😉

A hora da estrela, de Clarice Lispector

Um clássico da literatura brasileira, A hora da estrela conta a história de Macabéa, uma alagoana que foi se aventurar no Rio de Janeiro, buscando oportunidades para ter uma vida melhor. Ela é definitivamente uma das minha personagens favoritas da literatura brasileira.

Homens e sucatas, de Betzaida Mata

Contém dez contos, que Betzaida nos narra de forma tão gostosa, cativante, que parece que estamos conversando com ela ou com seus personagens.

O menino da lista de Schindler, de Leon Leyson com Marilyn J. Harran e Elisabeth B. Leyson

História real de Leon Leyson, sobrevivente da Segunda Guerra Mundial. Um relato muito emocionante, envolvente e esperançoso.

O mundo de Sofia, de Jostein Gaarder

Neste livro que posso chamar de “clássico” para nós, leigos em filosofia (rs), Jostein conta a história de Sofia, uma menina que recebia cartas de um desconhecido, com perguntas misteriosas (ou poderia ser o contrário: um homem misterioso, com perguntas “desconhecidas” haha. Filosofia já começa por aqui!).

O planeta dos macacos, de Pierre Boulle

Em uma das mais famosas histórias da ficção científica, conhecemos Ulysse Mérou, um ser humano que escreve do ano 2.500. Ele e mais dois amigos astronautas pousam num planeta parecido com a Terra, e acabam se deparando com uma mulher. Mas ali, diante das esquisitices da mulher, eles descobrem algo bem perturbador.

Espero que gostem das indicações. Aproveitem bem o domingo, com suas mamães, deem abraços apertados, beijocas o dia todo. E façam o almoço, hein! (ou a leve para almoçar. Só não deixe que ela fique cozinhando ou vá lavar a louça haha).

Leituras de Março 2017

Oi gente, tudo certo?

No mês de março eu não li tanta coisa quanto planejei. Mas dei andamento na série Desventuras em Série, que está incrível (!) e que é uma das minhas metas do ano de 2017. Como sempre, não comecei todos neste mês (o livro do casal Jason e Crystalina eu comecei em dezembro! rs), mas vocês que são leitores assíduos: como é bom terminar um livro que está meio paradinho, não é? O livro estava maravilhoso, e eu não queria que terminasse… Por isso o tanto de tempo que levei lendo. Mas um dia temos que terminar rs

16. Paisagens da alma – Rubem Alves – 80 pág.
17. Saramboke – Elizeu Moreira Paranaguá – 162 pág.
18. O hospital hostil (Desventuras em série, v. 8) – Lemony Snicket – 232 pág.
19. O espetáculo carnívoro (Desventuras em série, v. 9) – Lemony Snicket – 240 pág.
20. O escorregador de gelo (Desventuras em série, v. 10) – Lemony Snicket – 280 pág.
21. Tempo do tempo: As estações do coração – Marianne Galvão – 110 pág.
22. Como encontrar sua alma gêmea sem perder sua alma – Jason e Crystalina Evert – 394 pág.

Total de: 1.498 incríveis páginas!

E vocês, o que leram de bom no mês de Março?

Divulgação [Carochinha, Penalux, Edelbra]

Oi pessoal, tudo bem?

Antigamente eu fazia algumas divulgações aqui no blog para vocês. Com o tempo eu fui perdendo esse costume. Mas gosto desse tipo de postagem, pois acredito que acabo ajudando algumas pessoas a encontrarem algum livro de determinado assunto ou gênero literário. Interessante que quando faço postagens com listas (de cinco melhores livros – na minha opinião, claro haha -, de músicas, de filmes sobre determinado assunto), sempre tem alguém que se interessa e me diz rs  Então acredito que voltarei a fazer Divulgação de algumas obras ou filmes que me interessam, ok? Nem todos eu já li, mas só divulgo por causa de sua sinopse.

O mundo de Nino, de Ann Cathrin Raab (tradução de Fernando Nuno)

Sinopse: Conheça o mundo de Nino! E descubra com ele o nome das coisas. Prepare-se para se divertir na casa desse ratinho curioso, e não perca o passeio pelo jardim! Os amigos de Nino também têm muitas palavras novas para lhe mostrar. Que tal bolos gostosos, flores, estrelas, formigas e festas de aniversário? O mundo de Nino tem tudo isso e muito mais!

Faixa etária: a partir de 2 anos
Páginas: 24 páginas
Editora: Carochinha
ISBN: 978-85-66438-45-1
Gênero: infantil
Skoob
Site

Memórias de Índio: uma quase autobiografia, de Daniel Munduruku

Sinopse: Abraçando a missão de “desentortar” o pensamento da sociedade brasileira em relação aos povos originários, Daniel Munduruku convida seus leitores a mergulhar no rio de sua própria história. Apresentados em breves crônicas, cada capítulo (deste livro e de sua vida) está repleto de memórias e aprendizados, narrados afetuosamente. As vivências da infância, os anos no seminário, a descoberta do amor e a descoberta de si, enquanto escritor, tudo a granel. Tudo (quase) verdade.

Faixa etária: + 14 anos
Páginas: 216 páginas
Editora: Edelbra
ISBN: 978-85-5590-016-7
Gênero: Crônicas
Skoob
Site

Os papéis de Aspern, de Henry James

Sinopse: Henry James é mais conhecido no Brasil por sua novela de terror psicológico A Volto do Parafuso. Embora esse livro tenha sido seu maior sucesso, o romance Os papéis de Aspern lhe agradava mais. Nele, o sobrenatural não entra em jogo, e a malícia sexual parece muito maior. O terreno em que os personagens se movem é menos metafísico e “mais embaixo”, por assim dizer, entre lances de ambição, avareza, mesquinhez, desejo sexual e solidão patética. Não há terror, mas não faltam sarcasmo, lances de humor um pouco negro e um senso de atmosfera que só James possuía. A narrativa também é rica em descrições, transformando Veneza, com seu esplendor de cartão-postal, suas gôndolas e labirintos – cenário de uma aventura sentimental bastante polêmica.
(Trecho do prefácio pelo tradutor Chico Lopes)

Páginas: 178 páginas
Editora: Penalux
ISBN: 978-85-5833-014-5
Gênero: Romance
Skoob
Site