Filmes sobre a Ditadura Militar

Oi gente, tudo bem?

Farei uma postagem mais rápida hoje, com a indicação de três filmes sobre a Ditadura Militar no Brasil ou que se passam durante esse tempo tenebroso de nossa História.

As sinopses eu retirei do site Adoro Cinema.

O ano em que meus pais saíram de férias (2006)

Sinopse: 1970. Mauro (Michel Joelsas) é um garoto mineiro de 12 anos, que adora futebol e jogo de botão. Um dia, sua vida muda completamente, já que seus pais saem de férias de forma inesperada e sem motivo aparente para ele. Na verdade, os pais de Mauro foram obrigados a fugir da perseguição política, tendo que deixá-lo com o avô paterno (Paulo Autran). Porém o avô enfrenta problemas, o que faz com que Mauro tena quhe ficar com Shlomo (Germano Haiut), um velho judeu solitário que é vizinho do avô de Mauro.

Trailer:

Zuzu Angel (2005)

Sinopse: Brasil, anos 60. A ditadura militar faz o país mergulhar em um dos momentos mais negros de sua história. Alheia a tudo isto, Zuzu Angel (Patrícia Pillar), uma estilista de modas, fica cada vez mais famosa no Brasil e no exterior. Paralelamente seu filho, Stuart (Daniel de Oliveira), ingressa na luta armada, que combatia as arbitrariedades dos militares. Resumindo: as diferenças ideológicas entre mãe e filho eram profundas. Numa noite Zuzu recebe uma ligação, dizendo Stuart tinha sido preso pelos militares. As forças armadas negam. Pouco tempo depois ela recebe uma carta dizendo que Stuart foi torturado até a morte na aeronáutica. Então ela inicia uma batalha aparentemente simples: localizar o corpo do filho e enterrá-lo. Mas Zuzu vai se tornando uma figura cada vez mais incômoda para a ditadura.

Trailer:

Hoje (2011)

Sinopse: Vera (Denise Fraga) é uma ex-militante política que recebe uma indenização do governo, em decorrência do desaparecimento do marido, vítima da repressão provocada pela ditadura militar. Com o dinheiro ela consegue comprar um apartamento próprio, além de enfim poder ser reconhecida como viúva. Só que, quando está prestes a se mudar, recebe uma visita que altera sua vida.

Trailer:

Repare bem (2012) – Documentário

Sinopse: Durante a ditadura militar no Brasil, Denise Crispim, filha de pais militantes, envolve-se com o guerrilheiro Eduardo Leite, conhecido como Bacuri. A relação dá origem a uma gravidez, no mesmo período em que o regime começa a perseguir a família de Denise. Em pouco tempo, seu irmão é assassinado e sua mãe é presa. Quando à Bacuri, ele é torturado durante mais de três meses, e depois assassinado. Com o nascimento da pequena Eduarda, Denise consegue asilo político no Chile, embora o golpe de Pinochet force mãe e filha a se mudarem para a Itália. Mais de quarenta anos após os fatos, as duas recebem anistia do governo brasileiro, e decidem contar a sua história.

Trailer:

 

Anúncios

Promoções Mês das Crianças!

Olá! Tudo certo por aí?

No mês de outubro, geralmente as editoras com temática infantil e infanto juvenil nos dão de presente ótimas promoções! Não é um deleite somente às crianças leitoras, mas aos pais, aos professores, aos bibliotecários, e às titias de plantão (aqui!).

Então, separei alguns livrinhos e editoras que estão com umas promoções bacanas! E aproveite para entrar nos sites das editoras mencionadas. Elas são muito legais para seus filhos / sobrinhos / alunos rs. Geralmente têm uma área voltada à elas, com atividades.

Companhia das Letrinhas:

Título: É proibido falar disso!
Autor: Noemie Shay
Páginas: 80 p.
Preço: de R$ 37,90 por R$ 18,95
Sinopse: Ruth tinha seis anos quando um dia se deu conta, quase sem querer, de que havia muitas coisas sobre sua irmã que ela não sabia. Que ela não era de fato sua irmã, por exemplo. Quando quis perguntar sobre esse assunto a seus familiares, deparou com um muro de silêncio, pois todo mundo, exceto ela, sabia que era simplesmente proibido falar disso! Mas Ruth não desistiu. Com a ajuda do amigo Dudi, ela conseguiu quebrar esse pacto de silêncio, trazendo à tona uma história dos tempos da Segunda Guerra Mundial; uma história que, na verdade, não aconteceu só com a família dela, mas que marcou o seu povo e todo o mundo.

Editora Edelbra:

Título: Memórias de índio: Uma quase autobiografia
Autor: Daniel Munduruku
Páginas: 216 p.
Preço: de R$ 44,50 por R$ 22,25
Sinopse: Abraçando a missão de “desentortar” o pensamento da sociedade brasileira em relação aos povos originários, Daniel Munduruku convida seus leitores a mergulhar no rio de sua própria história. Apresentados em breves crônicas, cada capítulo (deste livro e de sua vida) está repleto de memórias e aprendizados, narrados afetuosamente. As vivências da infância, os anos no seminário, a descoberta do amor e a descoberta de si, enquanto escritor, tudo a granel. Tudo (quase) verdade.

Editora Biruta

Esse ano não encontrei promoções 😦  Mas…!! Eles tem Marcadores de página para imprimir!

Editora Brinque-Book

Título: Não é sua, é minha!
Autor: Suzanna Moores
Páginas: 32 p.
Preço: de R$ 35,00 por R$ 21,00
Sinopse: Babi ganhou uma linda bola de presente, que ela não quer emprestar para ninguém. Porém, quando a bola murcha, Babi precisa da ajuda dos amigos. Depois de alguma hesitação, ela consegue superar seus sentimentos e percebe que emprestar a bola não é tão ruim assim.

As editoras estão com promoções até o final do mês de Outubro. Então você tem mais 15 dias para correr atrás desses títulos (e tantos outros)!

[Edição antes de ir ao ar rs]: Como a postagem estava programada, eu falava que o Banco Itaú estava disponibilizando os livrinhos, como em todos os anos faz. Mas este ano já estão esgotados =(  Mas fique atento, que ano que vem eles devem disponibilizar mais rs.

Antônio descobre Veredas – Deborah Kietzmann Goldemberg

Oi gente, tudo bem?

Hoje preciso tomar um cuidado especial ao comentar um dos últimos livros que li. É aquele tipo de leitura em que a história vai evoluindo de tal forma, que quando chega no final você quer contar para todo 0 mundo!

Antônio descobre Veredas (Biruta, 2014, 76 p.) da autora brasileira Deborah Kietzmann Goldemberg, irá nos contar a história de Antônio, um adolescente que vive uma vida monótona. Sempre faz as mesmas coisas, sempre escuta o mesmo de seus pais – que ainda insistem em falar com ele no diminutivo -, tem um amigo que fala somente com gírias, e suas aulas na escola são bem “normais”. Até que um dia sua professora de português propõe algo inusitado a eles: quem conseguir ler o livro Grande Sertão: Veredas, não precisará fazer prova até o final do ano!

“Só podia ter sido aquela recém-formada que ainda não se resignou ao fato de que na escola ninguém ensina ou aprende, apenas cumprem um ritual sinistro de coexistência em sala de aula, uns para ganharem uma merreca e outros para passar o tempo que seus pais não têm para ficar cuidando deles” (p. 9)

Como Antônio é “espertinho”, procura resumos na internet e começa a assistir a vídeos sobre o livro. Pensa que assim conseguirá apresentar um trabalho à sua professora, e nunca mais fazer provas daquela matéria. Até que ele recebe uma notificação no “Feice“, de um tal de Diadorim. Acaba aceitando, e conversando com essa pessoa. Através do Diadorim, descobre uma comunidade, que fica há duas horas e quarenta de sua casa, chamada “Veredas”. E é ali que começa sua caminhada para a liberdade que tanto sonha.

Minha opinião: O livro é bem curtinho, tem só 76 páginas. E como já disse no começo, a história vai evoluindo. Começa com algumas gírias (que me desagradam rs), com uma repetição que é necessária para a narrativa,  e com um personagem principal que eu não tinha certeza se estava gostando. Mas quando Antônio descobre a comunidade Veredas, as coisas começam a mudar: mudam tanto que eu pensei em largar o livro! Entenda-me: eu nunca li Grande Sertão: Veredas, aquele clássico brasileiro, que Guimarães Rosa escreveu. E os membros da comunidade “Veredas” começam a conversar somente sobre o livro, como se eu tivesse que saber! Oras bolas – eu pensei.

Mas… Dei uma segunda chance para a história. Ainda bem! Porque o Antônio também não está entendendo nada haha. E começa a correr atrás, para que possa descobrir do que é que aquele povo está falando. Com alguns trechinhos do livro, a autora foi me conquistando. Não por citar somente o Guimarães, mas por mostrar toda a poesia que existe no livro de Rosa, o que há de tão belo e tão encantador, que faz com que esse livro seja o favorito da vida de muitas pessoas que conheço. E quando chegou o final, eu fiquei tão maluca, que tive que mandar mensagem para a Tamy, depois da meia noite (do canal LiteraTamy, que leu recentemente o nosso clássico), e perguntar o que acontecia no final. E claro que ela não me falou hahaha.

Então, leia esse livro, seja você jovem ou adulto. Mesmo sendo como eu,  que ainda não leu Grande Sertão: Veredas. Eu tenho certeza que irá necessitar saber o que acontece no livro rs.

Título: Antônio descobre Veredas

Autor: Deborah Kietzmann Goldemberg

Editora: Biruta

Páginas: 76 p.

Leituras de Setembro 2017

Olá! Tudo certo por aí?

Vocês se lembram da postagem do finalzinho do mês passado, em que eu mostrava a minha meta – quase impossível – de leitura? Pois eu consegui – ao menos em sua grande maioria! (nem acreditoo!). Os livros que eu já resenhei estão com link clicável 😉  E nas próximas semanas sairão mais e mais resenhas… Gente, parece que estou saindo de um túmulo, chamado “ressaca literária”! Aleluia! hahaha

📚 Completo
OK – Em algum lugar nas estrelas – Clare Vanderpool – 288 p.
OK – Descobrindo os bichos do Jardim – Humberto Conzo Junior – 40 p.
OK – Antônio descobre Veredas – Deborah Kietzmann Goldemberg – 76 p.
OK – O caso Morel – Rubem Fonseca – Vídeo – 189 p.

📚 Terminar
(Acabei conseguindo terminar em Agosto) OK – Um coração que seja puro – Pe. Zezinho – 208 p.
OK – Meus documentos – Zambra – 224 p.
OK – Uns e outros – TAG – 272 p.

📚 Começar
– Pe. Pio – José María Zavala – Li até a página: 20
– Diário de Santa Faustina – Santa Maria Faustina Kowalska – Li até a página: 28

📚 Continuar
Não consegui– Os miseráveis – Victor Hugo
1 Novela OK (Novela da Ciganinha)– Novelas exemplares (2 novelas) – Cervantes
OK (O dedo semovente / Par de tênis) – Pesadelos e paisagens noturnas (2 contos) – Stephen King

📚 Reler
OK – Inventário de segredos – Socorro Acioli – 60 p.

📚 Projetos
OK – Alice no país das maravilhas – Lewis Carroll (Nina e suas letras) #ProjetoMindlin
OK – O sinal dos Quatro – Sherlock Holmes (Jeniffer Geraldine) #SetembroPolicial 

🎬 Filmes
Não consegui – Okja
Não consegui – Onde está segunda
OK – Peles
OK – Raw

🎬 Série
Não consegui – Terminar Black Mirror

E ainda li:
Vocação: Um desafio de amor – Mons. Jonas Abib – 112 p.

Comecei a ler:
– Sobre a escrita – Stephen King – Li até a página 91

Foram pouco mais de 1.608 páginas =)

A minha listinha para outubro já está preparada. Na segunda feira sai aqui no blog.

E vocês, o que leram de bom em Setembro?