Resenha [Livro] – Santa Teresinha

Oi pessoal, tudo bem?

Enfim, volto à minha rotina de leitura. Não estou lendo tanto quanto antes, mas estou voltando aos pouquinhos. A resenha de hoje é sobre o livro que faz parte do Desafio Literário 2019 – Bibliotecária Leitora e Submerso nas Palavras. Se você não sabe do que estou falando, clique aqui 😉

Santa Teresinha, nascida como Marie-Françoise-Thérèse Martin, teve como cidade natal Alençon, que fica na Normandia (norte da França). Nasceu no ano de 1873, sendo a caçula de nove irmãos. Sua família era muito humilde e piedosa, e seus pais, em sua juventude, sonhavam em seguir uma vida religiosa. Mas a vontade de Deus foi outra: fazer de seus filhos religiosos, e fazer de toda sua família, santa. Sua mãe falecera muito cedo, e seu pai foi um dos maiores incentivadores da filha mais nova.

“Minha união com Jesus não ocorreu em meio a relâmpagos e trovões, isto é, não se deu por meio de graças indescritíveis; pelo contrário, ela aconteceu em meio a uma brisa suave” (p. 44)

Teresinha entrou para o convento com quinze anos, depois de muita luta (e insistência! rs, mas claro, isso já estava no coração de Deus), e aos poucos foi também conquistando o coração das demais Irmãs do Carmelo. Seu pai ficou adoentado, mas ainda pôde ver as grandes alegrias e graças que Deus realizou na vida das filhas.

“Quem troca a família e a vida leiga pelo convento e pela vida religiosa se sacrifica, se imola, mas esse abandono não implica a negação da vida. Pelo contrário, manifesta-se aí a busca da vida eterna, da comunhão com o Senhor, da entrega a Deus para que Ele disponha do ser ‘imolado’ da forma que melhor atenda a Seus desígnios” (p. 46)

Este livro faz parte da Coleção Santos da Nossa Vida, da editora Petra. A coleção tem cinco livros: Santa Teresinha, Nossa Senhora Desatadora dos Nós, São José, Santa Rita de Cássia e Santo Antônio. Todos eles vêm com imagens muito bonitas, ilustrações e fotos coloridas e em preto e branco. É de conteúdo simples (leitura bem fácil), mais para apresentar algumas devoções de forma rápida. Para aprofundar em determinado santo ou devoção, posso indicar outros, em outras postagens.

Porém, como não conhecia quase nada da vida de Santa Teresinha, gostei de ter começado por este, que dá uma visão geral de como foi a vida da pequena flor.

No final do livro podemos encontrar algumas orações, como o Hino a Santa Teresinha, sua Novena e a famosa Oração das Rosas (que por sinal é linda!)

Se você não sabe, eu e o David temos um terceiro blog (ô povo pra gostar de blog! Mas meu Trabalho de Conclusão de Curso na faculdade foi sobre isso… E meu amor já vem muito antes disso rs), chamado Evangelizando a 2. Então, se você se interessa por assuntos ligados à religião católica, em especial indicações de livros e filmes, visite-nos!

Título: Santa Teresinha

Autor: –

Editora: Petra / Coleção Santos da Nossa Vida

Páginas: 79 p.

Anúncios

Desafio Literário 2019

Oi pessoal, tudo bem?

Esse ano nós ficamos tão animados com o pensamento de que iremos voltar a ler, que fizemos até uma meta literária (ou Desafio Literário, já que tem até categorias! Oh que chique!). Meu noivo, David, e eu fizemos as seguintes categorias, e eu escolhi os livros que estão abaixo! Se vocês ficaram curiosos e quiserem ver os livros escolhidos pelo David, acesse o blog dele, clicando aqui!

Vamos às Categorias!

Janeiro: Um livro antigo na estante

– Frankenstein – Mary Shelley

Fevereiro: Baseado em fatos reais

– Santa Teresinha (que já foi LIDO!)

Março: Livro escrito por mulher

– O oitavo selo – Heloisa Seixas

Abril: Livro do autor favorito

– Maya – Jostein Gaarder

Maio: Livro sobre Nossa Senhora

– Virgem Maria, morada do mistério Érika Vilela, Gregório Ventura

Junho: Livro que tenha ganhado de presente do namorado

– Razão e sentimento – Jane Austen

Julho: Livro que tenha virado filme

– Os pássaros – Frank Baker

Agosto: Livro de um autor nacional

– Ciranda de pedra – Lygia Fagundes Telles

Setembro: Livro de História

– 1968: O que fizemos de nós – Zuenir Ventura

Outubro: Livro de espiritualidade

– Livres de todo mal – Danilo Gesualdo

Novembro: Livro de terror ou ficção científica

– Exorcismo – Thomas B. Allen

Dezembro: Livro de filosofia

– A arte de escrever – Arthur Schopenhauer

À medida que eu for lendo, vou colocando as resenhas aqui no blog, e também nessa aba (para ficar mais organizadinho). Os livros que ler durante o ano também terão uma aba especial, assim como em todos os anos (todos os anos que eu fiz isso né gente hahaha, porque ano passado… fuén fuén fuén).

Estamos bem animados com o desafio (já disse isso umas trocentas vezes, eu sei). Ah! Lembrando que provavelmente não lerei os meses certinhos (ihh, comecei a passar a perna no projeto), porque o mês de janeiro já arreguei e pedi troca com fevereiro hahaha. O importante é ler, né mesmo?

Quem quiser participar, fique à vontade! E conte para nós também quais livros você escolheria para cada categoria 😉

Leituras Janeiro / Fevereiro 2018

Oi gente, tudo bem?

Estou meio atrasada com essa postagem… Deveria ter sido feita no final de Janeiro… Mas vocês me entendem? Me perdoam? haha. A pessoa jura que vai melhorar, mas não melhora. E ninguém desiste de mim. Que bonito… Obrigada 🙂

Mas vamos lá! Estou lendo algumas coisas muito interessantes… Não tanto quanto gostaria, mas os meus outros projetos, dos quais já comentei em outra postagem, estão indo bem. No mês de março irei me dedicar um pouco mais à leitura (eu acho. Não prometo mais nada hahaha).

Janeiro
1. A vida de Maria – Rainer Maria Rilke – 42 p.
2. O quinze – Rachel de Queiroz [Releitura] – 161 p.
3. Eu sou Malala – Malala Yousafzai – 342 p.
4. Quincas Borba – Machado de Assis [Releitura] – 174 p.
5. Selou e Maya / Maya e Selou – Lara Meana e María Pascual de la Torre – 32 p.
6. Areia: (À fragmentação da pedra) – Milton Carlos Rezende
7. Padre Pio: Tragédia de fé – Padre Luna – 118 p.

Fevereiro
8. A menina e o equilibrista – Bruno Félix – 184 p.
9. Maria, a agraciada de Deus – Frei Luis Sartori – 96 p.
10. O pássaro raro – Jostein Gaaarder [Releitura] – 208 p.
11. Mística de Fátima – Nilza e Gilberto Maia – 269 p.

Total de incríveis 1.626 páginas.

Os meus projetinhos de leitura andam de vento em popa.

O desafio pessoal de Janeiro, eu consegui cumprir. Foi o infantil Selou e Maya / Maya e Selou (infantil), e Eu sou Malala, de Malala Yousafzai. Para o Desafio Todo Leitor, do Glen (categoria autor importante que nunca li) foi o mesmo livro (gente, Malala ganhou o Nobel da Paz! Super importante! rs).

Meu desafio pessoal de fevereiro eu não cumpri… Mas ok. Pelo menos o Desafio Todo Leitor eu consegui! rs. Eu reli O pássaro raro (categoria autor favorito), e foi muito melhor do que eu me lembrava. Havia lido há cerca de 10 anos… e não havia gostado nada. Não estava habituada ao Jostein como contista, e sim como romancista… E talvez o livro fosse um pouco pesado para minha idade. O fato é que dessa vez eu me emocionei, me arrepiei, chorei, e pensei muito na vida, no universo e tudo o mais rs. Foi uma experiência incrível, e pretendo fazer uma resenha a vocês.

O livro do #ProjetoMindlin de Janeiro foi O quinze, de Rachel de Queiroz. E foi uma releitura incrível! Eu não me lembrava muito bem da história, por ter lido há muito tempo – e para a escola rs.

O livro do #ProjetoMindlin de Fevereiro foi O gaúcho, de José de Alencar. Como eu não tinha esse livro em casa, e não me organizei para pegar emprestado na biblioteca, também não li.

Mas em Março, se você ainda não viu o vídeo da Nina, iremos ler Grandes esperanças, de Charles Dickens. Na verdade, a leitura se estenderá para Abril também, por ser um livro mais gordinho. Assista ao vídeo, logo abaixo, e se você sentir vontade, participe conosco! É só entrar em contato através do Vídeo da Nina (lá no Youtube), ou me deixar um comentário aqui mesmo, no blog.

Ah, e para você se organizar, confira os próximos livros que serão lidos para o #ProjetoMindlin ao longo do ano de 2018:

► Próximos livros do Projeto Mindlin:

Maio: O Primo Basílio, de Eça de Queiroz
Junho: Dom Quixote de La Mancha, de Miguel de Cervantes
Julho: Dom Quixote de La Mancha, de Miguel de Cervantes
Agosto: Dom Quixote de La Mancha, de Miguel de Cervantes
Setembro: Dom Quixote de La Mancha, de Miguel de Cervantes
Outubro: O Sertanejo, de José de Alencar
Novembro: Til, de José de Alencar
Dezembro: O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry

Agora, para Março, meu Desafio Pessoal será ler 1 best-seller + 1 livro clássico. Sendo que o best-seller será A última carta de amor, de Jojo Moyes (nunca li nada da autora), e o livro cássico será Contos de fantasmas, de Daniel Defoe (faz muito tempo que tenho em casa).

Para o Desafio Todo Leitor, Março será a vez de ler uma biografia. Pretendo ler Para seguir minha jornada: Chico Buarque, da autora Regina Zappa.

Fora os livrinhos extras, que sempre entram na fila… E que às vezes consigo ler somente esses extras hahaha O importante é ler 🙂

E vocês, o que fizeram de bom nos meses de Janeiro e Fevereiro!?

Desafio Literário 2018

Oi pessoal, tudo bem?

Venho apresentar a vocês hoje o meu desafio pessoal (que poderia chamar algo como “Remake”, pois já fiz um desafio assim em 2014 rs) de leitura para o ano de 2018. Eu estou participando também do Desafio Todo Leitor (o qual o Glen me desafiou). Mas não contente, e provavelmente querendo passar vergonha por aqui, pela quantidade de livros para ler durante um mês, botei na cabeça que irei cumprir tudo isso que está abaixo. Do ano passado só mudei uma categoria.

Então, veja o que aprontei. Se durante o ano você quiser ver como está indo meu mico, pode clicar aqui, que a postagem ficará fixa. Ah, pretendo fazer resenha de todos os livros para os desafios. Oremos!

Desafio Literário 2018

Clique em cima do título para ler a resenha

Janeiro – 1 livro infantil + 1 autor consagrado por prêmio
livro infantil – Selou e Maya: Maya e Selou – Lara Maena
autor consagrado por prêmio – Eu sou Malala – Malala Yousafzai (Malala ganhou o Nobel da Paz. E vale sim! rs)

Fevereiro – 1 livro com autor desconhecido + 1 livro de um autor que eu não goste
livro com autor desconhecido – Horas sombrias – Vários autores (antologia de contos de terror/suspense/thriller)
livro de um autor que eu não goste – Mrs. Dalloway – Virginia Woolf (não é que eu não goste dela, mas tenho infinita dificuldade em lê-la)

Março – 1 best-seller + 1 livro clássico
best-seller – A última carta de amor – Jojo Moyes
livro cássico – Contos de fantasmas – Daniel Defoe

Abril – 1 livro pertencente a uma saga + 1 livro e assistir sua adaptação ao cinema
livro pertencente a uma saga – Harry Potter e o enigma do príncipe – J. K. Rowling (releitura)
livro e sua adaptação ao cinema – Harry Potter e as relíquias da morte – J. K. Rowling

Maio – 1 livro citado em algum filme + 1 livro sobre espiritualidade
livro citado em filme – Persuasão – Jane Austen (citado em A Casa do Lago)
livro sobre espiritualidade – Virgem Maria, morada do mistério – Érika Vilela

Junho – 1 livro sugerido + 1 livro abandonado
livro sugerido – Últimas palavras – Christopher Hitchens (indicado pelo Leon Idris)
livro abandonado – Ecos do silêncio – José Augusto Nasser

Julho – 1 livro “banido” / “proibido” + 1 biografia
livro “banido” – O cobrador – Rubem Fonseca (se eu conseguir comprar) 😉
livro biografia – Discobiografia Legionária – Chris Fuscaldo

Agosto – 1 livro com título engraçado + 1 livro de suspense ou terror
livro com título engraçado – Nas margens do Rio Piedra eu sentei e chorei – Paulo Coelho (releitura. E sim, eu acho um título engraçado. Parece título de filme que não é Hollywoodiano haha)
livro de suspense/terror – Quando os Adams saíram de férias – Mendal W. Johnson

Setembro – 1 livro de autor começado com a letra Q + 1 infanto juvenil
livro de autor começado com a letra Q – As três Marias – Rachel de Queiroz
livro infanto juvenil – Tchau – Lygia Bojunga (releitura, que vale resenha!)

Outubro – 1 clássico brasileiro + 1 livro de meu autor favorito
clássico brasileiro – Ana Terra – Erico Verissimo (releitura)
livro de meu autor favorito – O dia do curinga – Jostein Gaarder

Novembro – 1 livro de contos + 1 livro de minha área (Biblioteconomia)
livro de contos – Várias histórias – Machado de Assis
livro de minha área – O poder das bibliotecas – Marc Baratin e Christian Jacob

Dezembro – 1 livro com animais protagonistas + 1 livro relacionado ao tema Música
livro com animais protagonistas – Só os animais salvam – Ceridwen Dovey (se eu conseguir comprar) 😉
livro relacionado ao tema música – Renato Russo – Carlos Marcelo

Desafio Todo Leitor (2018)

Oi gente, tudo bem?

Fui desafiada pelo Glen, do Canal Páginas de que gosto, a cumprir doze desafios literários no ano de 2018! Fiquei super animada, e aceitei, é claro! Abaixo você pode ver meu vídeo contando quais livros eu escolhi. E abaixo do vídeo as categorias que o Glen propôs! Ah! Eu ainda terei um desafio pessoal para 2018… E espero cumprir. Logo eu conto para vocês qual será o desafio 😉

Categorias para o desafio:
JANEIRO – Autor Importante que nunca li;
FEVEREIRO – Autor favorito;
MARÇO – Uma biografia;
ABRIL – Só eu que não li?;
MAIO – Uma releitura;
JUNHO – Um autor do seu estado;
JULHO – Um livro esquecido na estante;
AGOSTO – Um não-ficção;
SETEMBRO – Um clássico brasileiro;
OUTUBRO – Um livro infantil;
NOVEMBRO – Um livro que explore a fé;
DEZEMBRO – Um grande clássico.