Resenha – O castelo nos Pirineus

Olá, tudo bem por aí?

14291763_625302064295349_7467449968220588060_n

O castelo nos Pirineus (Cia. das Letras, 2010, 177 p.) do autor norueguês Jostein Gaarder, irá nos contar a história de Solrun e Steinn, um casal de antigos namorados, que por cinco anos viveu um intenso relacionamento. Por um motivo X eles acabaram se separando, e trinta anos depois, por “obra do acaso” eles se reencontraram no mesmo local onde o motivo da separação ocorreu. Eles então começaram uma troca de e-mails. Assim que liam, apagavam, para não deixarem “vestígios”: os dois eram casados e já tinham filhos. Não que os e-mails fossem tão comprometedores assim. Steinn, com seu ceticismo absoluto, discutia a “obra do acaso” que fora o encontro. E já Solrum discutia a incrível “força oculta por trás disso tudo”. Vemos em seus e-mails que mesmo com tantas diferenças de credos, religião ou falta dela, os dois se amavam de uma forma muito profunda.

Trecho de O castelo nos Pirineus, de Jostein Gaarder

A post shared by Daniela Kanno Vieira (@dani_kanno_bl) on

Minha opinião: Sou suspeita quando é para falar de Jostein Gaarder. Na época em que o li pela primeira vez, demorei um tanto para ler, por considerar uma das obras mais adultas e difíceis do autor. Hoje já não acho isso. Li em cerca de dois ou três dias. E por mais que tenham algumas partes um pouco cansativas, por conta dos discursos científicos de Steinn, não é nada difícil. Jostein consegue deixar tudo muito bem explicado. Bem, este é um de meus livros favoritos da vida, pela quantidade de pontos religiosos e científicos que o autor nos expõe e faz com que os personagens debatam entre si.

“Na nossa época, o que não falta é cegueira mental e indigência espiritual” (p. 21)

Steinn é um homem agnóstico (e posso dizer agnóstico ateísta, isto é, “admite não possuir conhecimento que comprove a não existência de Deus, mas não acredita na possibilidade que Deus exista”.) e tenta de todas as maneiras expor à Solrun sua opinião, em algumas vezes, tentando convencê-la de que ele tem a razão. Já Solrun, é uma “ex-agnóstica”. Na época em que namorava Steinn também não acreditava em fenômenos sobrenaturais que são impossíveis para a compreensão humana. Em seus e-mails, vemos que mudou sua opinião – ela mesma admite isso. Ela é espírita e acredita no sobrenatural e nos mistérios do mundo. A discussão dos dois é interessantíssima. Em várias partes do livro me peguei pensando e indagando a vida e tudo o mais como Steinn, e em outras partes me peguei respondendo às essas questões, como Solrum. E vice-versa.

Na época em que o livro foi lançado, li uma entrevista que a Veja fez com o autor (você pode ler completa, clicando aqui) e ele dizia pender mais para o lado de Steinn, já que é ateu. Mas ainda assim, escrever o livro O castelo nos Pirineus, foi para ele uma experiência interessante, já que se indagava sobre muitas coisas. Isto é, questões que são discutidas no livro são questões que o próprio autor se pergunta. Fugindo um pouco da “Minha opinião” sobre o livro, leia a entrevista inteira. Ela é muito bonita.

“Você escreve que agora tem plena certeza do além e proclama que a morte não existe. Mas será que ainda é capaz de se alegrar com cada segundo que vive aqui e agora? Ou o seu interesse pelo além desalojou totalmente o temporal?” (p. 34)

Não vou dar nenhum tipo de spoiler, claro. Mas o final do livro me deixou a seguinte mensagem: cada pessoa tem a sua opinião e tem o seu próprio credo. Respeite isso! 😉

Título: O castelo nos Pirineus

Autor: Jostein Gaarder

Editora: Cia. das Letras

Páginas: 177 p.

Este livro foi lido para a TAG Roleta Russa e para meu projeto (Re)Lendo Jostein Gaarder. Ah! E lido também porque é de extremo prazer desta que lhes digita ❤

Anúncios

4 comentários sobre “Resenha – O castelo nos Pirineus

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s