5 livros de poesias

Oi gente, tudo certo?

Gosto muito de poesias, como vocês que me acompanham devem saber. Então resolvi listar cinco livrinhos de poesias que eu acho essenciais na vida de todo o mundo ❤ Os livros que possuem resenha, é só você clicar em cima do nome 🙂

DSCN1772

1. Para que fiques – Priscila Rôde (Editora Penalux)

Este é um livro de poesias com alta dose de romance e saudade. Priscila soube explorar muito bem o tema amor, paixão e a falta da outra pessoa em nossa vida. Aquele tipo de livro que te arranca suspiros, e doi lá na alma (mas que todos amamos ler!). Foi um dos meus favoritos do ano de 2015! Uma de minhas poesias favoritas:

Mais perto

Sem quando nem onde
A saudade responde:

Pra quem mora longe
Dentro é o caminho
Mais perto.

bruno2

2. O busto de Adão e outras poesias – Bruno Félix (Vídeo) (Editora Chiado)

O Bruno é um poeta muito diferente de tudo o que já havia lido. Com muito bom humor e uma pitada gostosa de ironia, ele constroi suas poesias de forma bem leve. Esta edição ainda tem ilustrações fantásticas do artista Arthur F. Padua (acima). Bruno ainda tem um blog e canta blues (é lindo!). Uma de minhas poesias favoritas:

Apartidário

Pense com muito cuidado em um ponto:

Cidade pequena, fato.
Com rivais de corrupção…
Se você atacar só um lado,
pode, na boa intenção,
dar um tiro no pé do povo
fortalecendo a oposição!
– que também já pisou no ovo,
também quer o povo no chão.
Então, terá feito merda,
ao invés de revolução!

3. Almas de porcelana – Gociante Patissa (Editora Penalux)

Gociante é um autor angolano, que vim conhecer ainda este mês. Sua capacidade em transmitir sentimentos de esperança é algo tão sensível, que chega a nos despertar paz na alma. Vou deixar para vocês o link (clique aqui) de uma entrevista com o autor, onde ele declama sua poesia. Assista! Certeza que você irá ficar arrepiado! Uma de minhas poesias favoritas:

Na teoria do resultado

O reencontro
mesmo com a prisão

Molha
na largura dos olhos
o barro p’ro novo sol

Não tem pernas o tempo
seriam longas
ou curtas
demais.

4. Poemas pendentes – Rodolfo Alonso (Editora Penalux)

A escrita deste autor me lembrou demais Manoel de Barros: aquele que usa elementos da natureza ou qualquer matéria bonita – ou feinha, porque não é só de belezas que sobrevive a poesia -, para transformar em escrita. A edição publicada pela Penalux é bilíngue: jogos de palavras em outra língua torna a coisa bem interessante! Uma de minhas poesias favoritas:

Carne do sol

Não vi bem a Bahia
Vi chuva na Bahia

É muito mais difícil

Vi a beleza negra
erguida em sua beleza

Via cor da miséria
a miséria do mar

Vi o reino do mar
e da melancolia

Mais a tenra braveza
de não ser mais que um

e todos quantos um

Vi o sagui o coco
igrejas sem Igreja

Vi deuses que falavam
nos escuros silêncios

Era e não a Bahia
fui e não a Bahia

Era a escura esperança
Era a esperança escura

E chovia e choviam
melodias na névoa

E o sol estava ausente
em todo o esplendor seu

E o mar era um império
que nos lavava livres

5. Todas as mulheres – Fabrício Carpinejar (Editora Bertrand Brasil)

Um tipo de poesia que não pensei que fosse encontrar em Carpinejar. Na realidade eu não sabia que ele escrevia este estilo! rs Quando comecei a ler, sinceramente eu não estava entendendo nada, e por isso não estava gostando. Pensei que eram poesias separadas. Quando percebi que uma poesia pertencia à outra (à anterior), passei a ler com mais atenção. Isto é: para você ler Todas as mulheres, você precisa ler uma poesia em seguida da outra (e não uma lá e outra acolá). Fabrício fala sobre o amor, ou os amores, que o narrador viveu. Amores esses que deixaram marcas, deixaram saudades, deixaram com um sentimento de quero mais. Uma leitura que te arranca suspiros, que machuca fundo. Mas que renova. Uma de minhas partes favoritas do livro:

Quem será a minha viúva?
Será a mulher que foi feita para mim
ou a que me desfez para ela?
Onde está o caráter: em oferecer a fraqueza
ou resistir à mudança?

E aí? Gostaram da minha seleção? Me indiquem mais livros de poesias, nos comentários! Adoro indicações.

Para você encontrar os livros para compra, clique nos links abaixo 😉

1. Para que fiques – Penalux

2. O busto de Adão – Chiado / Livraria Travessa

3. Almas de porcelana – Penalux

4. Poemas pendentes – Penalux

5. Todas as mulheres – Livraria da Folha / Submarino / Buscapé

Anúncios

2 comentários sobre “5 livros de poesias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s