Resenha – Mulheres

Oi gente, tudo bem?

Primeiro gostaria de avisar: acho que voltarei a fazer aquele meu projeto 10+1 (hahaha… será??). As contas andam complicadas, e todos sabemos que nem é tanto nossa culpa rs Preço de tudo quanto é coisa subiu. E nem estou falando de livros, porque atualmente o preço está bem legal. Mas comida, gasolina, passagem de ônibus, luz, água… Tudo subiu! rs Então para não ir a falência de verdade, terei que fazer esse projeto. Pelo menos por uns meses, até as coisas estabilizarem.

Mas Dani, hoje é dia de resenha, porque raios você está falando isso? Porque o livro que irei resenhar hoje é do Eduardo Galeano, o mesmo autor que me tirou de minha dieta de compras de livros da outra vez que fiz esse projeto. O livro da outra vez foi Dias e noites de amor e de guerra, que por sinal é sensacional! E o de hoje será…

mulheres

Mulheres (L&PM Pocket, 1998, 176 p.) de Eduardo Galeano é escrito no mesmo formato de Dias e noites… Pequenas crônicas, textos bem curtinhos que rondam em volta do “tema” mulher. É até estranho dizer  isso rs Mas Galeano vai, de texto em texto, de crônica em crônica nos apresentando mulheres que mudaram sua vida, de certa forma. Mulheres famosas (como Frida ou Charlotte Gilman) ou mulheres que passaram por sua vida fazendo alguma diferença. São relatos bonitos, fortes, tristes. São relatos reais, que sabemos que acontecem em qualquer boa ou má família rs

mulheress

“… Os direitos humanos deveriam começar em casa – comenta comigo, no Chile, Andrés Domínguez”. Do livro Mulheres, de Eduardo Galeano

Os meus textos favoritos foram estes, nomeados “A cultura do terror”. Pensamentos que o autor têm sobre o quanto aterrorizante a sociedade ainda é, ao se tratar dos direitos humanos, em especial, direito da mulher. São textos muito fortes e que nos fazem refletir sobre nosso próprio comportamento. É aquela velha história de não ser omisso. Quando nos calamos perante o horror do próximo, já damos brecha para que o mesmo horror se instale numa sociedade inteira.

Minha opinião: Galeano, assim como em seus outros livros (que li, claro) usa de uma linguagem poética bem própria. Às vezes se mostra seco com as palavras, mas bem objetivo. Ele não enrola para nos contar o que se passa em suas lembranças e deixa-nos sempre a suspirar. Enfim, é um livro mais que indicado.

Título: Mulheres

Autor: Eduardo Galeano

Editora: L&PM Pocket

Páginas: 176 p.

Anúncios

Um comentário sobre “Resenha – Mulheres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s