Resenha – Hellraiser

Oi gente, tudo bem?

Hoje venho falar rapidinho com vocês sobre o último livro que li! Eu ia soltar um vídeo hoje, mas o computador que uso para transferir arquivos da máquina fotográfica pifou! rs Vou tentar postar o vídeo amanhã =)  Mas vamos ao livro!

Hellraiser: Renascido do inferno (DarkSide Books, 2015, 160 p.) do autor Clive Barker. O livro começa com um prólogo que irá nos apresentar Frank, um homem vazio, que quer porque quer ter os maiores prazeres carnais (inclusive os piores que você possa imaginar). Ele passa anos tentando abrir um cubo, chamada Caixa de Lemarchand. Há várias ilustrações, dando a entender que será fácil ser aberta, mas é algo que poucas pessoas conseguiram. Enfim, quando consegue o segredo para abri-la, ele dá de encontro com os Cenobitas, seres praticamente de outro mundo (ou do inferno, como minha mente acabou vendo-os rs) que oferecem a ele todo este prazer que procura. Mas claro, que tudo tem um preço…

IMG-20160517-WA0006

Então no primeiro capítulo conhecemos os outros personagens. Rory e Julia são casados. Eles têm uma vizinha chamada Kirsty, de vinte e seis anos, que é bastante insegura e acaba passando a impressão de ser frágil. Julia é uma mulher bem estranha (minha impressão rs), que logo em sua apresentação já me deixou um pouco claro que procura coisas além do que pode ter. Rory é o exemplar bom marido: carinhoso, atencioso e sempre está presenta na vida de Julia. Quando eles se mudam para a nova casa – casa esta que é rodeada de lendas estranhas -, Julia começa a perceber que aquela casa não é comum. E é ela quem consegue o primeiro “contato” com algo que não deveria estar ali.

hellr

Minha opinião: Cara, que livro! haha A história é antiga. Em 1986 Clive publicou Hellraiser e foi ele mesmo quem ajudou a transformar seu livro em um roteiro para o cinema (que ainda não assisti!). Por ser antiga a história, imaginava que eu soubesse pelo menos um trecho dela, ou soubesse do que se trata. Mas eu não conhecia nada, nada, e acabei ficando muito surpresa. Com isso, de não saber da história, no começo fiquei bastante confusa. Então fui assistir à vídeo resenha da Raquel, do Pipoca Musical. Aí sim, as coisas começaram a clarear na minha mente. Passando o prólogo, que é praticamente jogado em sua cara (rs), e passando para o primeiro capítulo, já não conseguimos mais parar de ler o livro! São poucos os livros que me deixam tão extasiada, e com vontade de ler tudo de uma vez. E ainda mais poucos (na verdade, somente com um livro me aconteceu isso: Caixa de Pássaros, do Josh Malerman) foram os livros que me deixaram incômoda fisicamente. Sabe aquela sensação de você estar sendo puxado pelo livro? De estar sendo hipnotizado? Pois aconteceu isso comigo. A escrita do Clive é muito boa. Numa boa história de terror, eu pelo menos, não espero algo muito romântico, mas sim algo escrito com palavras duras. E ele faz isso magnificamente. Muito mais que indicado!

Título: Hellraiser: Renascido do inferno

Autor: Clive Barker

Editora: Darkside Books

Páginas: 160 p.

Anúncios

4 comentários sobre “Resenha – Hellraiser

    • Sério?! haha vou ler a resenha sim!
      Eu achei fortinho, nojento em algumas partes. Tô muito curiosa para ler “Quando os Adams saíram de férias” (acho q o nome é esse rsrs). Dizem que é bemmm forte!
      Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s