Resenha – O planeta dos macacos

Oi gente, tudo bem?

Vocês sabem que eu curto muito o assunto de ufologia, certo? E olha só que ironia: eu não leio tantos livros de ficção científica rs Isso para alguns pode soar um pouco estranho ou desrespeitoso, mas eu me explico. Já vi muita relação entre ficção científica (literatura, filmes) com a ufologia e afins (como documentários e livros). Portanto, para mim, eles estão muito bem ligados sim.

O livro O planeta dos macacos (Aleph, 2015, 2069 p.) do autor francês Pierre Boulle, foi um livro que me marcou de uma maneira única. Irá começar com um casal bem rico e ocioso, Jinn e Phyllis, que num futuro nem tão distante, passa férias no espaço. Certo dia, encontram uma garrafa flutuando, com um papel dentro. Ali, naquela garrafa, nossa real história irá começar a ser contada. O ser humano Ulysse Mérou escreve do ano 2.500. Ele e mais dois amigos astronautas acabam pousando num mundo muito parecido com a Terra: encontram até mesmo uma humana! Estranhando seu comportamento um pouco selvagem, Ulysse e os amigos começam a interagir com a mulher (que nomeiam Nova), e percebem que seus atos não são nada comuns: ela grunhe, não fala uma palavra, tem um olhar distante e sem sentimentos. Depois das constatações de que aquilo não é o “normal”, acabam se vendo no meio de um tiroteio, onde quem porta as armas de fogo são… macacos!

pl

Minha opinião: Um livro com uma linguagem muito bem humorada e que nos faz pensar. Esse é o principal ponto do livro. Seu enredo é espetacular, e tanto o início do livro, como o final (e que final, minha gente!!) me tiraram o fôlego. Uma obra repleta de questões antigas, como: o que nos diferencia dos animais, e o que define o homem, mas que é nos apresentada com uma calma, com uma sutileza… Em nenhum momento senti a impressão de o autor querer correr com a história, ou me jogar informações aleatórias. Tudo no livro fez sentido para mim, e fez com que eu parasse a leitura para divagar. E isso foi incrível! Sabe quando temos uma ideia que não conseguimos colocar no papel? Vários de meus pensamentos, Boulle soube colocar neste livro. Questões políticas são discutidas, assim como a educacional, tecnológica e ecológica. Uma obra prima que deve ser lida por todos!

Ah, eu não me lembro de ter assistido ao(s) filme(s). O que lembro era de ter medo do macaco quando eu era pequetuxa haha Agora, com a leitura (e a idade um tanto avançada, cof cof) irei assistir a todos os filmes, com certeza!

Título: O planeta dos macacos

Autor: Pierre Boulle

Editora: Aleph

Páginas: 209 p.

Anúncios

3 comentários sobre “Resenha – O planeta dos macacos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s