Resenha – Histórias mal-assombradas em volta do fogão de lenha

Olá, tudo bem por aí?

Amo livros infantis, e todo mundo sabe disso. Afinal, foram eles que me iniciaram no mundo da leitura. E amo ainda mais os livros desse autor: Adriano Messias. Sempre sei que irei encontrar uma linguagem extremamente simpática e gostosa.

adriano

Em Histórias mal-assombradas em volta do fogão de lenha (Biruta, 2004, 90 p.), o autor irá nos inserir no mundo de André, o protagonista da série Contos para não dormir. Este é o primeiro volume (que eu consegui através de uma troca pelo Skoob. Obrigada Bruna!), mas eu comecei a ler pelo volume quatro, se não me engano rs. Logo no começo, André vai se apresentar: ele mora em Belo Horizonte, gosta de shopping, faz coleção de selos, e adora namorar haha. Mas também apresenta ao leitor sua parte mais “obscura” (credo, que palavra forte rs): adora coisas relacionadas a eventos sobrenaturais. Quando criança gostaria de ser um vampiro. E é maluco pelas histórias do avô. Sabe aquelas histórias mal-assombradas que todos os avós do mundo tem o dom de contar? Geralmente num tom de voz mais baixo, ou numa noite chuvosa e cheia de relâmpagos e trovões? O avô de André é igualzinho. E neste primeiro volume, irá nos contar, com seu jeitinho bem mineiro, várias histórias, como a do Lobisomem, do Saci-Pererê, da mula sem cabeça, e até mesmo da Procissão e a missa das almas – esta minha avó sempre contava!

20151124_111640

Como sempre, fiquei encantada com a facilidade que o Adriano tem em sempre me envolver nas histórias. Lembrei de vários causos que minha avó e sua amiga contavam a mim, aos meus primos e irmão. E essas danadinhas ainda contavam como se realmente tivesse acontecido com elas. Os detalhes, o som do teto sendo pisoteado, o som do relinchar da mula sem cabeça… Tudo tão real, que ficávamos morrendo de medo de dormir sozinhos. Mas adorávamos, na mesma proporção, escutar suas histórias. Esta foi minha avó paterna. Minha avó materna é mais meiguinha. Ainda bem, pois dizem que as lendas japonesas são as mais horripilantes do mundo né?! haha Imaginem… Se com as histórias brasileiras eu já ficava morrendo de medo; sem chance de escutar uma história inteira japonesa.

20151124_111706

Adriano, já neste primeiro volume, usa algumas palavras mais “difíceis”, e pede sempre para a criança procurar a palavra no dicionário . Ou melhor, quase sempre: assim ele não perde o ritmo da lenda rs. Nos começos dos capítulos, o leitor também sempre irá encontrar esses desenhos bem horripilantes, como o da foto. Indico demais este primeiro volume, assim como todos os outros.

Título: Histórias mal-assombradas em volta do fogão de lenha

Autor: Adriano Messias

Editora: Biruta

Páginas: 90 p.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s