Resenha Filme (12/52) – O melhor pai do mundo

Olá pra você!

Este final de semana assisti a vários filmes. E um deles não foi uma indicação de meus pais rs A classificação dele estava bem baixa na Netflix, se não me engano duas estrelinhas. Acredito, porém, que as pessoas que o classificaram, não assistiram até a cena final. Que é extremamente bonita.

Atenção: Esta resenha conterá spoilers. Se você não gosta, fique atento 😉

melhor pai

O melhor pai do mundo (2009) conta a história de Kyle (Daryl Sabara), um garoto de quinze anos, que (vou falar na linguagem chucra mesmo, assim como é tratado no filme) é um tarado. Sim, ele tem problemas sexuais, só pensa naquilo, e tudo relaciona àquilo também. Lance Clayton (Robin Williams), pai do garoto, é um escritor frustado. Nenhum de seus cinco romances foi aceito por nenhuma editora. Ele trabalha como professor e dá um curso na própria escola, de poesia. Poucos alunos frequentam suas aulas, e ele não se sente a pessoa mais feliz do mundo, claro. Não bastasse esta vida, ainda tem um relacionamento estranho com uma professora da escola, Claire (Alexie Gilmore). Um dia, encontra seu filho morto, por uma causa bem humilhante. Faz de tudo para que ninguém saiba a situação em que foi encontrado morto. Inventa uma história fascinante por trás do falecimento do filho. E aí o nome do filme deveria mudar para O oportunista rs

robin

Minha opinião: Desculpe-me a piadinha infame no final da sinopse acima. Vi em um site, e achei até engraçadinha e adequada. Mas o filme é muito mais que isso. Chorei em várias partes. Não é um filme nem um pouco passageiro. É um filme que nos faz refletir. Em vários aspectos. Lance (Robin Williams) é um pai bobo. Passa a mão na cabeça do filho, mesmo ele tendo feito as piores coisas possíveis. Kyle é um rapazinho nojento, que dá vontade de bater, durante todo o tempo que ele está vivo (e morto também, com as lembranças do pai rs). Porém, algo que me deu mais nojo no filme foi outra coisa. Coisa que para muitos pode ser bonito, agradável. [spoiler, com desabafo rs] Toda a homenagem que o pessoal da escola faz a Kyle… Que coisa mais hipócrita! Isso me deixou irritada durante boa parte do filme. Fez com que eu risse amargamente, vendo que a vida real é exatamente assim. Conversando com meu irmão sobre o filme, discutimos até mesmo sobre as mortes de Michael Jackson e Chorão. Quantas pessoas que eu vi, na minha rede de amizades tornar-se fã instantaneamente, logo após a morte destes dois. E isso é tão feio, tão repugnante. Kyle nunca foi um garoto adorável, nunca foi um menino que tinha vários amigos, nunca fez por merecer isso. Para que (meu Deus, para que?!) você fazer uma homenagem para alguém que você acredita que escreveu uma carta de despedida tão bonita. Ainda que seja mentira tudo isso, e ninguém mais saiba. Vamos ser sinceros: se você não gosta de determinada pessoa, e ainda assim, quando ela morre, você vê que ela não era tão má assim, você de uma hora para outra, vai gostar? Eu não. [fim do spoiler] Durante todo o filme, eu comentava com o Tobi (meu cachorro, que sim, assistiu o filme todo comigo): esse pai vai se ferrar no final. E ele fez algo extremamente decente.

Chorei também por lembranças que eu tinha de Robin Williams. Não fui a hipócrita que descrevi acima haha. Juro que sempre gostei muito do ator. Como o filme trata, de certa forma, o suicídio, fiquei imaginando os motivos que levaram o ator a cometer algo tão triste. Doeu muito imaginar as possíveis coisas que ele poderia estar passando em sua vida particular. Enfim, é um filme bem sensível.

Ah sim, aviso que é um filme “baixo”, segundo meus pais rs. Não recomendo para algumas pessoas, e até mesmo na Netflix, tinha a classificação de +16. Concordo com eles. rs

Trailer:

Título: O melhor pai do mundo

Direção: Bobcat Goldthwait

Gênero: Drama

Duração: 99 min.

Anúncios

Um comentário sobre “Resenha Filme (12/52) – O melhor pai do mundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s