Resenha – Filme Robinson Crusoé

4b6ee6d60cf836337b04c77268befe2f_jpg_290x478_upscale_q90

Daniel Defoe (Ian Hart) recebe de um amigo um documento que conta uma história incrível, sobre um homem que sobreviveu numa ilha por muito tempo, praticamente sozinho, com sua cultura britânica e seus costumes religiosos. Robinson Crusoé (Pierce Brosnan) é o único sobrevivente de um naufrágio. Foi parar em uma ilha deserta, onde percebeu que ainda tinha um cachorrinho sobrevivente do barco. Faz dele seu companheiro e faz dele também um meio para não enlouquecer. Um dia vê uma tribo canibal tentando matar um de seus membros (em agradecimento a um deus), e acaba resgatando o homem que seria morto. Dá-lhe o nome de Sexta-Feira (William Takaku). É com a amizade de Sexta-Feira que ele tira várias lições para sua vida.

2546092_l2

O livro Robinson Crusoé eu li quando era criança; talvez já faça uns 15 anos. Lembro pouquíssimo do livro e não sei dizer se o filme é condizente à obra literária. Foi muito interessante ver Crusoé e Sexta-Feira sendo interpretados por atores tão bons. Fiquei bastante emocionada com os discursos de Sexta-Feira. Um ótimo filme, que recomendo.

Título: Robinson Crusoé

Diretor: Rod Hardy

Gênero: Drama / Aventura

Duração: 90 min.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s