Trecho #1

Quero acreditar que você seja maduro o suficiente para entender que em se tratando de matrimônio, os grandes desentendimentos começam por um pequeno silêncio quando se deveria falar, ou por um pequeno gesto mudo quando se deveria gritar, ou ainda, o que é mais grave, acredito, por palavras ditas no momento em que era preciso ouvir o coração. (p. 35)

 

Retirado do livro O anjo do celeiro, de José Geltin Neris

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s