Resenha – Coraline – Neil Gaiman

Coraline é uma garota que vive em uma boa casa com seus pais. Porém, acha que sua mãe não lhe dá bola e seu pai trabalha demais. Um dia encontra uma portinha em um dos cômodos de sua casa. Descobre que sua mãe tem a chave e pede para que ela abra a porta. Coraline fica um pouco chateada ao ver que tem somente tijolos. Um dia fica sozinha em casa e consegue pegar a chave da portinha para abri-la. Encontra um mundo idêntico ao que vive. Tudo parece bem tranquilo, até encontrar seus outros pais. Eis que a aventura começa aí.
O livro possui algumas ilustrações. Bem assustadoras, diga-se de passagem. Sempre imaginei que era um livro infantil. Mas sinceramente, fiquei com um medinho em algumas partes do livro. Ok, medinho não. Deu um certo desconforto. Mesmo assim, achei uma delícia a leitura.
“- Não – disse. – Não sou o outro coisa nenhuma. Sou eu. – Inclinou a cabeça para o lado; os olhos verdes brilhavam. – Vocês, pessoas, se esparramam por toda parte. Nós, gatos, nos mantemos íntegros, se é que me entende.”
Durante a leitura, lembrei-me muito de Alice no País das Maravilhas. Assim como no livro de Carroll, há um gato bem do inteligente, que dá dicas à Coraline.

“”- Porque – disse ela – quando você tem medo e faz mesmo assim, isso é coragem.”
 
Durante sua viagem ao outro mundo, Coraline começa a amadurecer, começa a pensar mais sobre o valor de sua família, e ver que seus pais não são tão maus assim.
“Por alguns momentos sentiu-se totalmente deslocada. Não sabia onde se encontrava, nem estava totalmente certa de quem era. É surpreendente o quanto do que somos depende da cama onde acordamos pela manhã, e é surpreendente o quanto isso é frágil.”
Vale muito a pena a leitura. Agora, estou maluca para assistir ao filme.
Procurarei outros livros do autor, com certeza. E comprarei! rs
Estou me acostumando a ler livros no tablet. Até que não é tão ruim assim 😉
Este é o segundo livro do Desafio de Janeiro: autor consagrado por prêmio.
Neil Gaiman é um autor britânico e já recebeu vários prêmios importantes para o mundo da literatura. Somente por seu trabalho em quadrinhos, já recebeu treze prêmios. Coraline mesmo recebeu dois: Hugo Award e Nebula Award, de melhor novela em 2003.

Livro: Coraline
Autor: Neil Gaiman
Editora: Rocco
Páginas: 160

Anúncios

2 comentários sobre “Resenha – Coraline – Neil Gaiman

  1. Ainda não tinha lido a resenha, ^_^ realmente, foi muito bom você ter citado o amadurecimento da Coraline, e como ela passa a dar mais valor à família dela… Para mim um dos grandes focos, ou “o foco” desse livro é a família mesmo. Ele ressalta muito a importância e o valor da família na vida da gente! Apesar do clima de tensão o livro traz uma mensagem muuito bonita ^_^

    • Oi Juvêncio! =D
      Coraline me conquistou no final por tudo isso mesmo, seu amadurecimento. Mesmo não perdendo a sua essência infantil, teve um desenvolvimento bem grande no decorrer da história.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s